sexta-feira, 4 de abril de 2008

O subliminal apelo à busca da serenidade

Recentemente, enquanto passava os olhos pelos fascinantes sítios que encontramos no vasto mundo da World Wide Web , reencontrei-me com as imagens de uma campanha que teve impacto na nossa sociedade. Ou se não teve, devia ter tido. Porque, de facto, realça a importância de algo tão fundamental e tão benéfico para as nossas vidas.

Aqui fica uma das imagens dessa mesma campanha:






Exactamente. Falo-vos do acto comummente apelidado de fellatio. Ou, no calão a que recorremos diariamente, broche. Não posso deixar de elogiar os senhores da Chupa-Chups* pela criatividade com que nos brindaram ao aprovarem e realizarem esta campanha publicitária. E, mais importante que isso, estão a passar a mensagem que realmente importa:



O fellatio é crucial para a nossa felicidade enquanto seres humanos!



Senão atentem bem nos pacotinhos de chupa-chupas e leiam com atenção algumas verdades aí transcritas. Passo a citar: "La acción de chupar relaja". Ora aí está! No fundo quando um homem pede que lhe acariciem e estimulem o falo não está a pensar apenas em si próprio e no prazer individual, mas sim no acto benéfico que isso constitui para ambas as pessoas envolvidas. Constitui a dita acção num relaxamento instantâneo e num aumento da paz interior dos envolvidos.

Notemos também: "Chupando un Chupa Chups tu mano y tu boca interactuan, y esto ayuda a reducir la ansiedad."! Evidentemente estamos perante uma claríssima alusão sexual ao fellatio, e mais uma vez comprovamos que a interacção mão/boca ajuda a reduzir a ansiedade.

Meus caros visitantes do ninho. Toda esta campanha publicitária em torno dos chupa-chupas não é mais que a transmissão subliminar da mensagem: "Façam mais broches, que isso relaxa-vos!". Atentem bem na imagem seguinte:







Não é que a moça está toda feliz da vida!? Acho que não são precisas mais provas que de facto o fellatio é algo bom e saudável, e deve ser praticado exaustivamente, proporcionando momentos intermináveis de prazer aos envolvidos no dito cujo. Por isso, vamos a isso! Espalhemos a mensagem e sejamos defensores desta causa.



Porque no Ninho do Taralhão... preocupamo-nos com a felicidade** e o bem-estar de todos!



*Este blog não tem qualquer associação à referida marca e (lamentavelmente) não lucramos absolutamente nada com a publicidade gratuita que lhes estamos a dedicar. Nem dinheiro, nem carregamentos vitalícios de chupa-chupas... Isso é que era!

**Este blog tem como contra-indicação a perda de sanidade mental, pelo que ao afirmarmos a nossa preocupação com felicidade e bem-estar, não se deve assumir uma pressuposta conexão entre estas emoções e o estado de saúde dos neurónios. Para mais informações consultar o departamento clínico psiquiátrico do Hospital Júlio de Matos.

3 comentários:

Xuma disse...

Não queria insinuar cenas, mas o fred ja comprou disso, e tenho provas fotográficas! :X

Joana (Lady Matrona) disse...

Tenho a dizer que eu, Edurado e Tinoni já chupamos uns desses e não ficamos relaxados por ai além... publicidade enganosa é o que é! Embora o Tinoni o tenha chupado até ao fim... são gostos...

David Carreto disse...

chupas em espanhol não quero! (podiam ter feio umas embalagens em tuga) apesar de já ter experimentar chupar uns chupa-chupas desses, nem são assim tão agradáveis... até dizem que têem ervas ou qq coisa relaxante...

conclusão simples, chupar faz bem e chupar chupa chups não faz nada!