segunda-feira, 24 de março de 2008

Sobre a música e o divino*



O artigo que se segue pode ser um choque para vós. Mas aqui no ninho do taralhão a nossa missão é contar as verdades escondidas. Pode vir todo o exército chinês, com as suas granadas de gás lacrimogéneo e bastões "amigáveis", que os autores deste antro de perfídia jamais recuarão nas suas intenções. E o que tenho para vos revelar é nada mais nada menos que isto:

O Papa João Paulo II era guitarrista de uma banda de Black Metal!

Mas como!?, dirão muitos de vós. Pois é! A verdade é que este sim, é o verdadeiro conteúdo do terceiro segredo de Fátima. Apesar das tentativas frustradas da Igreja Católica em manter esta informação oculta até ao fim dos dias, até à chegada do Apocalipse, a nossa investigação intensiva permitiu-nos chegar a esta descoberta. Mas vamos com calma. Eu sei que é muita coisa para digerir tão subitamente.

Como todos saberão decerto, a Máfia do Vaticano é a mais antiga das organizações criminosas e manipuladoras do mundo. Desde tempos ancestrais que se formou, tendo atingindo um dos seus expoentes máximos na época medieval. Hoje em dia, o seu império é tão vasto e o seu poder é tanto que ninguém lhes ousa fazer frente. A raínha das máfias é pois, liderada por um padrinho, que actualmente é um indíviduo alemão bastante semelhante a um imperador da Guerra das Estrelas e que possui duas suásticas tatuadas, uma em cada nádega. Mas isso são conversas para outra ocasião. Permitam-me retomar o caminho inicialmente traçado. Ora até há um tempinho atrás, João Paulo II era o líder do Vaticano. E nesta condição, era detentor de um poder tremendo, pelo que ninguém lhe podia fazer frente. Para além do mais, sendo a criatura humana mais próxima de Deus, tinham é de baixar a bolinha e prestar vassalagem.

Ora, JP era fã de Black Metal e formou, ainda jovem, uma banda com um grupo de amigos, a que chamaram: God Supreme/Terror Extreme. Financiados pela vasta riqueza do padrinho guitarrista, lançaram o seu primeiro EP 'Apocalyptic Necromancia' (conferir para o efeito o post anterior
Necromancia, A Outra Paixão do Cristo, e poderão assim encontrar a inspiração da banda para o título escolhido) que apenas distribuíram entre os seus amigos mais chegados. Como os comentários foram todos muito positivos resolveram lançar um longa-duração, um ano depois, a que deram o título: 'Thou Shall Not Crucify Anymore: Unleashing The Angelic Beasts Of Eden'. Este trabalho ainda rodou por algumas rádios mais obscuras, mas JP não queria que a coisa fugisse ao seu controlo. Sendo uma personalidade tão famosa, não precisava do estrelato para nada. Eventualmente este seu carácter forte e esta sua determinação levariam ao fim da banda pouco tempo depois.

João Paulo II preferiu assim dedicar-se a 100% à sua vida de padrinho da máfia. A guitarra ficou para os tempos livres e ocasiões festivas, onde na intimidade dos seus amigos e família relembrava alguns dos temas mais marcantes dos God Supreme/Terror Extreme.

Por altura do êxtase em torno da revelação do terceiro segredo de Fátima, um bufo qualquer, num acto de vingança pelos abusos anais a que fora submetido durante o seu estágio como interno na basílica de S.Pedro, vendeu a alguns tablóides de todo o mundo a informação que consistia dum excerto do segredo:

"E um dia virá aquele que tocará a música mais celestial de todas.
E com ela chamará as bestas e o Demónio até Deus.
Assim, o perdão divino chegará a todos.
Ele é o escolhido, gritarão as multidões."



E assim foi. Ainda hoje há quem diga que se ouvem riffs de guitarra ecoando por toda a basílica. Como se o seu espírito estivesse ainda presente, espalhando doces melodias de raiva apocalíptica para todos os que acreditam. Abençoados sejam!



*Este post pode não passar de um monte de balelas baseadas em absolutamente nada. O tempo que perderam a lê-lo jamais vos será devolvido. A sanidade do autor não é para aqui chamada, mas sim, muito provavelmente é escassa e estará na base de tal verborreia. O tom deste artigo não pretende ser nada mais que jocoso. Se não o apreciam dessa forma e acham ofensivo, podem perfeitamente introduzir os vossos terços pela cavidade extrema à retaguarda.

3 comentários:

Skizo disse...

DEVOLVE-ME O TEMPO JÁ!!

Mizé disse...

Eu sabia! Nunca me enganaram!!!!
ihihihihihi

Mizé disse...

Eu sabia! Nunca me enganaram!!
ihihihihihi